Polímeros

Sintetizado pela primeira vez em 1898, por um químico alemão de nome Hans Von Peachmann, o polietileno deu sua primeira mostra para a humanidade, mas Peachmann ainda não fazia idéia do que significava aquele material branco surgido do aquecimento de diazometano. Em 1933 Eric Fawcett  e Reginald Gibson encontraram o mesmo material branco, parecido com um tipo de cera através de um experimento que levava a alta temperatura e pressão o etileno misturado a benzaldeído. Ainda assim, apenas em 1935 foi descoberta a forma de sintetizar o que seria o primeiro polímero produzido em laboratório, façanha realizada acidentalmente pelo químico Michael Perrin ao reproduzir o experimento feito pelos seus colegas em 1933, entretanto, desta vez, uma contaminação de oxigênio no etileno utilizado no experimento deu as chaves para a sintetização do termoplástico, que hoje se encontra em todo supermercado na forma de sacola plástica.

 

Atualmente, os polímeros fazem parte da vida de toda a sociedade, podendo ser encontrados nos ambientes mais comuns de qualquer pequena cidade. Mais conhecidos como plásticos os polímeros são um agrupamento repetido de vários elementos químicos. As unidades estruturais que compõem este agrupamento são chamadas de monômeros e juntos formam uma macromolécula que dar origem a produtos dos mais diversos.

Os polímeros se tornaram tão importantes para a construção civil que já existem projetos de construção de casas inteiras feitas a partir da reciclagem de produtos como a garrafa PET.

 

Para realizar a fabricação do polímero as indústrias químicas realizam alguns processos necessários para as reações de polimerização. Para chegar aos resultados finais na produção de um polímero as indústrias podem seguir três caminhos: provocação de reação em cadeia; reação de poliadição; reação de policondensação. As reações são realizadas em alta temperatura e pressão a menos que sejam utilizados catalizadores.

Após isso, polímero se incluirá em uma das seguintes categorias: Termoplásticos, termorrígidos ou elastômetros.

Termoplásticos: Este é um tipo de polímero muito encontrado no mercado em virtude de sua capacidade de reciclagem. É altamente utilizado na construção civil, estando presente em praticamente todas as edificações no formato de Policloreto de Vinilo (PVC), em tubos e conexões. Também é utilizado para a fabricação de telhas translúcidas, portas de plástico e muitos outros materiais. Outro termoplástico bastante utilizado na construção é o Poliuretano (PU) no isolamento de refrigeradores e principalmente nas esquadrias. Mais um exemplo é o tão conhecido PET, ou Polietleno Tereftalado, utilizado nas embalagens de bebidas, materiais de limpeza, etc.

Termorígidos: Este tipo de polímero funde-se apenas uma vez, não sendo, portanto, utilizado na reciclagem e caso sejam aquecidos entram em decomposição. Por serem muito duros e possuírem alta resistência a temperatura são bastante usados na construção civil. Os termorrígidos conhecidos como baquelites são usados para fazer tomadas e o Poliéster, que é muito utilizado na indústria têxtil.

Elastômetros: Estes são utilizados em praticamente qualquer ambiente de trabalho. São as conhecidas “borrachas”, possuem alto grau de elasticidade e também são bons impermeáveis. Podem ser encontrados nas mangueiras, câmaras de ar para pneus, vedações e silicone.

Os polímeros são, portanto, uma grande descoberta da modernidade que tem auxiliado o ser humano no desenvolvimento de novas técnicas de construção civil e de materiais altamente úteis para as pessoas. A reciclagem dos polímeros, mais precisamente dos termoplásticos é um grande desafio para a indústria da construção civil, mas que resulta em ótimas soluções viáveis e sustentáveis. Associar desenvolvimento tecnológico e responsabilidade ambiental nunca esteve tão em voga e a reciclagem dos polímeros, sem dúvida, é uma prova desta tentativa. Além disso, os polímeros chegaram a um nível de importância para a construção civil e para a sociedade de uma forma geral que é praticamente impossível pensar qualquer atividade social sem interagir com esta ferramenta.

Anúncios